segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Nos Bastidores dos "amarelos" da Carris: O lado nocturno dos eléctricos de Lisboa

Se Veneza não seria a mesma sem as suas gôndolas, o mesmo se poderá dizer de Lisboa sem os seus eléctricos. Cada vez mais postais vivos da própria cidade, os eléctricos de Lisboa continuam a servir a população da capital portuguesa, mas também aqueles que nos visitam. Em breve chegarão novos eléctricos para aumentar a frota que já vai tendo dificuldades em dar resposta à procura, mas por enquanto são aqueles que chegaram em 1995 para a linha 15E e os restantes, mais antigos que foram remodelados na mesma altura, que vão fazendo as delícias entre colinas num sobe e desce constante, deslizando sobre os carris que criam uma malha em paralelo com uma rede aérea que alimenta mais de 40 eléctricos diariamente. 

Mas e o que seria dos eléctricos de Lisboa sem os carris, sem a rede aérea, sem os mecânicos? Não serviriam para nada certamente, se não para museu. São homens que normalmente trabalham quando os eléctricos descansam e por isso mesmo não são muito vistos, mas não nos podemos esquecer da sua existência. Engenheiros, Operários, electricistas, motoristas, guarda-freios, etc... toda uma vasta equipa necessária para pôr em marcha os "amarelos" da Carris. 

Para que não os esqueçamos e para que possamos ver um pouco do seu trabalho, uma equipa de televisão do Reino Unido, acompanhou os trabalhos destas equipas de manutenção da Carris durante a noite, acompanhando a substituição do fio da rede aérea, ou a colocação dos novos carris com vista à expansão da rede a Santa Apolónia. No programa "Impossible Railays" do canal Yesterday, há ainda tempo neste episódio para uma visita à casa das máquinas do Ascensor do Lavra e conhecer um pouco sobre o seu funcionamento através da Drª. Susana Esteves da Fonseca, do departamento de comunicação da Carris. Da parte técnica, coube ao Engº. Pedro Palma do departamento de Infraestruturas explicar um pouco do processo a ter em conta na realização destes trabalhos.

Uma curta mas interessante reportagem que partilho agora com todos os leitores deste blogue para que possa ser vista ou revista e para que nunca nos esqueçamos da importância de quem está nos bastidores das "casinhas amarelas" para que durante o dia se possa movimentar milhares de pessoas pelas colinas de Lisboa a bordo dos nossos eléctricos.



Boas viagens a bordo dos veículos da CCFL!

Sem comentários:

Translate