domingo, 22 de setembro de 2019

A História saiu à rua!

Lisboa parou neste Domingo, para ver a história passar e recuar no tempo. O museu da Carris que assinala o seu 20º. Aniversário associou-se aos 147 anos da Carris e promoveu o desfile de Clássicos do Museu, onde eléctricos e autocarros de outros tempos voltaram a deslizar sobre os carris de Lisboa e a cruzar as estradas da capital. Ao tradicional desfile de eléctricos que o ano passado foi um sucesso, juntaram-se os autocarros 301 e 1001, um verde e outro laranja. As memórias de quem noutro tempo neles se transportava veio de imediato à conversa entre os visitantes e passageiros deste desfile que contou com duas partidas, uma pela manhã e outra já da parte da tarde. 

Esta foi também a primeira oportunidade que enquanto tripulante da Carris, tive de participar neste evento onde levamos para fora de portas um pouco da história, divertindo-me ao conduzir as relíquias que compõem o espólio do museu, e sobretudo divertindo quem neles se transporta ou com quem com eles se cruzam. Inúmeros sorrisos, acenos, fotografias e conversas trocadas num dia recheado de momentos que mais tarde serão certamente recordados. 

Dos mais pequenos aos mais graúdos, foi um passar de testemunho deste gosto pelos transportes como aconteceu noutros tempos em que os pais de hoje eram os filhos de então. São gerações que viajam a bordo e que bonito é ver todos juntos a comentar e partilhar de algo que pelo menos por um dia é de ambos. Entre os passageiros encontrei quem durante 35 anos vestiu a farda da Carris na estação das Amoreiras (então extinta) e que com tanto orgulho e gosto contou de sorriso no rosto inúmeras histórias. 

Calhou-me tripular o número 1, que é o ex-437 que habitualmente faz a ligação entre o núcleo 1 e 2 do museu, um carro de 1901 que em 1965 foi restaurado e adaptado ao serviço de turismo, apresentando assim essa roupagem engalanada para quem na altura visitava Lisboa a bordo do eléctrico de turismo da Carris. 

Hoje tive então a honra de fazer parte da equipa e por isso as fotos deixei-as para os entusiastas que apareceram em peso neste desfile, e por isso apenas serão estas as fotos que posso partilhar. Agradecer por fim o carinho demonstrado e pedir desculpas por nem sempre dar a atenção merecida a todos os que me procuram na altura onde a concentração exige alguma atenção nos carris. Espero que todos tenham gostado do desfile. Um abraço do tripulante que termina desejando-vos uma boa viagem a bordo dos veículos da CCFL. 

Sem comentários:

Translate