sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Kürtőskalács para húngaros ou Trdlo para checos, o certo é que este bolo já chegou também a Lisboa!

Agora há mais um motivo, para além do embarque ou desembarque dos barcos que fazem a travessia no Tejo, para se deslocar ao Terminal Fluvial do Terreiro do Paço, em Lisboa. Abriu recentemente no renovado espaço da Estação mais um quiosque de comida. A área começa a ser quase uma zona proibida para quem está a fazer dieta, dadas as calorias que ali se comercializam, mas esqueça a dieta por dias. Já chegou a Lisboa o bolo húngaro que foi adoptado pelos checos ao qual chamam de Trdlo. O nome original é Kürtőskalács embora seja conhecido em grande parte da Europa central como Trdlo ou Trdelnik. Também se discute se a receita é originária da Hungria ou da Roménia, mas isso agora também não interessa nada.

Os que agora chegaram a Lisboa são originários da Hungria e segundo a proprietária do negócio "já há muito que tencionava trazer este doce para Portugal, mas os amigos sempre lhe diziam que os portugueses não iriam gostar". O certo é que são já várias as pessoas que querem provar este bolo que agora aquece quem por ali passa ou espera a partida do Barco para a outra margem do Rio. 

Assim, como autor deste blogue e do recente projecto "Lisboa e Praga de Eléctrico" não podia deixar de referir esta chegada a Lisboa porque é dos meus bolos preferidos, aquele que me faz sempre recordar Praga, até porque ainda não conheço a Hungria. E afinal de contas o eléctrico 25E está ali a 2 minutos do quiosque onde duas senhoras enrolam, pincelam, e cozem os bolos que prometem vir para ficar.

Por 2 € pode saborear o bolo «Chaminé» como se lê no quiosque numa versão em inglês, seja ela simples, com açúcar, canela, pepitas de chocolate, etc... Se preferir uma cobertura de Nuttela, o preço sobe para os 2.50€. Bom apetite!

Sweet Rolls arrive in Lisbon

Now there is another reason, apart from the loading or unloading of the boats that make the crossing on the Tagus, to move to River Terminal Terreiro do Paco in Lisbon. Recently opened in the renovated space of another food kiosk station. The area begins to be almost one-limits to anyone who is dieting, given the calories that are sold there, but forget the diet for days. Already arrived in Lisbon Hungarian cake which was adopted by the Czechs to which call Trdlo. The original name is Kürtőskalács although it is known in much of central Europe as Trdlo or Trdelník. Also discusses whether the recipe is originally from Hungary or Romania, but it now also does not matter at all.

Those who now arrived in Lisbon are originating in Hungary and according to the owner of the business "has long planned to bring this sweet for Portugal, but friends always told him that the Portuguese would not like." The truth is that there are already several people who want to taste this cake that now warms who passes by or awaiting departure of the boat to the other side of the river.

As well as author of this blog and recent project "Lisbon and Prague by tram" could not fail to mention this because it's arrival in Lisbon of my favorite cakes, one that makes me always remember Prague, because not yet know Hungary. And after all the tram 25E there is 2 minutes from the kiosk where two wind ladies, lightly beaten, and bake the cakes that promise come to stay.

For € 2 you can taste the cake "chimney" as it reads at the kiosk in the English version, be it simple with sugar, cinnamon, chocolate chips, etc ... If you prefer a nuttela coverage, the price goes up to 2:50 €. Enjoy your food!
 

3 comentários:

Anónimo disse...

...pois mas, nao há nada como um belo pastel de nata, um palmier coberto ou até uma bola de berlim :-))
Bom apetite!

José Carlos Igreja disse...

Quentinhos são muito bons

Salu disse...

São muito bons! Melhores que os que comi em Praga ( se calhar tive azar!).

Translate