quarta-feira, 7 de maio de 2014

7 Anos ao serviço da Carris...

E hoje assinalam-se 7 anos desde o dia em que entrei na Companhia Carris de Ferro de Lisboa, onde iniciei funções como motorista, desempenhando actualmente o cargo de guarda-freio. São 7 anos de muitas histórias, de muitas viagens e de um gosto pelos transportes que cresce de ano para ano. Costumo dizer que tive sorte, quando a 7 de Maio de 2007 entrava nas instalações da Carris para uma nova carreira da minha vida profissional, depois de uma passagem pelo mundo da comunicação social, onde me faltou aquele factor "C". 

Na Carris encontrei o caminho para conduzir os meus objectivos pessoais e profissionais, porque adoro conduzir, porque admiro o contacto (nem sempre fácil) com o público e porque gosto de movimento. Estava portanto no caminho certo. O gosto por representar esta marca e vestir a farda que outrora impunha respeito, foi-se mantendo e apesar de tudo, da crise, dos "roubos" a que temos sido sujeitos, continuo diariamente a desempenhar funções aos comandos dos veículos da CCFL, com a mesma dedicação, empenho e paixão. Com o mesmo orgulho em vestir a camisola e acreditar que o futuro será melhor que o presente. 

Estes 7 anos passaram rápido, e pelo meio, houve a possibilidade de criar este espaço que pensei e criei para relatar e dar a conhecer como é de facto esta profissão a que poucos dão valor. Para mostrar que um motorista ou guarda-freio não está ali apenas para abrir e fechar portas. Para provar que nem sempre é fácil conduzir pessoas numa cidade como Lisboa, onde o stress impera e onde o trânsito respeita cada vez menos o transporte público. 

Depois veio a oportunidade de colocar em livro as melhores histórias que por aqui passaram, numa experiência única e inesquecível que teve lugar no emblemático Museu da Carris, local que admiro bastante e onde teve lugar o lançamento do «Diário do Tripulante - As melhores histórias e aventuras». Ao longo deste tempo, tive igualmente a oportunidade de defender o eléctrico como símbolo de Lisboa, dando ideias, promovendo-o junto das redes sociais e dando a conhecer um pouco dos seus bastidores também neste espaço, através de vídeos ou fotografias. 

Foram 7 anos que me deram igualmente o prazer de conhecer gente interessante, no mundo dos transportes públicos, sejam profissionais ou simples entusiastas. Mas foram também anos com alguma amargura, porque nem tudo é um mar de rosas. Contudo foram um conjunto de anos que considero vitais na minha carreira profissional, porque acima de tudo, é importante poder fazer aquilo que se gosta e na Carris eu tenho esse prazer. Novos projectos pessoais se encarrilam no horizonte e a nível profissional muitos mais anos se esperam pelos carris de Lisboa, ao mesmo tempo que espero igualmente, que seja realmente dado o devido valor a quem faz movimentar a cidade de Lisboa à superfície, ou seja, os Tripulantes da Carris.

Se serão mais 7... 10... 20... anos, o tempo se encarregará de o dizer, mas certo é que o meu gosto pela Carris e por aquilo que faço, ninguém poderá alterar e assim sendo, sempre envergarei com gosto e orgulho a camisola da Companhia Carris de Ferro de Lisboa, que este ano celebra os 142 anos de vida.

1 comentário:

José Carlos Igreja disse...

Parabens pelos 7 anos e por este excelente blog.

Translate