terça-feira, 28 de maio de 2013

"Sugestão do Tripulante": Convite à leitura com a 83ª Feira do Livro de Lisboa

Até 10 de Junho «há mais vida no Parque» e tudo porque ali decorre a 83ª Edição da Feira do Livro de Lisboa. Incentivando uma vez mais à leitura, a Feira do Livro oferece preços mais apetecíveis em tempos de crise. Promove apresentações, debates, sessões de autógrafos, concertos musicais e muito mais. Com um horário mais alargado e mais próximo das tardes quentes como acontecia há alguns anos atrás, esta Feira do Livro tem também mais pavilhões e espaços de refeição. Assim sendo, o "Diário do Tripulante" sugere uma vez mais a quem simplesmente pretende sair de casa para desfrutar de uma tarde num local pouco procurado pelos lisboetas, ou a quem procura há muito por aquele livro com o preço quase proibitivo, uma ida à feira que está no Parque Eduardo VII em Lisboa.

E para chegar até à Feira do Livro de Lisboa são quatorze, as carreiras da Carris que pode utilizar, além das linhas amarela e azul do Metro de Lisboa, para que não chegue ao recinto já martirizado pela sempre demorada procura de um lugar para estacionar. E este ano a falta de tempo ou o jantar com os amigos também não vão ser desculpa, até porque instalados na feira estão também alguns restaurantes, assim como as roulotes das bifanas e das farturas.

http://www.fontedapalavra.com/fotos_livros/capa%20diario%20tripulante.jpgEsta é portanto a "Sugestão do Tripulante" para as semanas que se seguem, no mês em que será igualmente assinalado o primeiro ano da edição do livro «Diário do Tripulante» editado pela Fonte da Palavra e que será "livro do dia" já no próximo dia 2 de Junho, no pavilhão A12 junto à Praça Verde da feira.

A ler com os transportes...

Mas além do «Diário do Tripulante» que reúne as melhores histórias a bordo dos amarelos de Lisboa, outros livros há a sugerir nesta edição da Feira do Livro de Lisboa com os transportes como pano de fundo, ou não fosse essa a temática deste blogue. Assim, no pavilhão A19 dos CTT-Correios de Portugal uma edição sobre os elevadores e ascensores de Lisboa. "Elevadores, Ascensores e Funiculares de Portugal" de Jaime Fragoso de Almeida. Um livro que relata “histórias”, algumas bem insólitas, muito em sintonia com a época da sua construção. Esta obra dá a conhecer, de uma forma divertida, a história dos principais elevadores, ascensores e funiculares de Portugal. Preço venda ao público: 41,00€/Preço de Feira: 32.80€.
 
Ainda no mesmo pavilhão, "Transportes Públicos Urbanos em Portugal", obra da autoria de Gilberto Gomes, investigador e consultor nas áreas de história dos transportes e da indústria. O livro tem uma tiragem limitada a 5000 exemplares e contém as emissões filatélicas Transportes Públicos de 2005 e Transportes Públicos Urbanos de 2007, 2008, 2009 e 2010, num total de 25 selos. A obra descreve o nascimento e implementação das redes de transportes urbanos no país, nos últimos 173 anos. Segue ainda a linha editorial de anteriores edições dos CTT, dividindo-se em dois capítulos essenciais: “Os transportes e o território” e “Os transportes e as cidades”. Enquanto que o primeiro descreve a evolução dos meios de transporte no país, o segundo capítulo é dedicado ao desenvolvimento dos transportes nas cidades de Lisboa, Porto, Portalegre, Coimbra, Barreiro, Aveiro e Braga.

Para quem planeia viajar, encontrará entre os pavilhões A33 e A39 no espaço Porto Editora, os mais recentes guias de viagem CityPack com 10% de desconto, que acabam sempre por ser uma boa aquisição para começar a planear a sua viagem. Para os amantes da aviação, no Espaço Pequenos Editores, encontra-se uma publicação sobre a história da TAP, com excelente qualidade gráfica e fotográfica que relata a historia da empresa de bandeira portuguesa por 36 €.

Como chegar à feira do Livro com a Carris?

A Feira do livro localiza-se no Parque Eduardo VII, virada para o Marquês Pombal, mas se vem da zona mais a norte tem o 713 e o 742. Já do lado sul da feira, a rotunda do Marquês Pombal é ponto de encontro de várias carreiras e entre elas estão as, 702, 711, 712, 720, 723, 727, 736, 738, 744, 746, 748 e 783 e os seus horários e percursos podem ser consultados no site da Carris em www.carris.pt

Como chegar à feira do Livro com o Metro?

As estações do Marquês de Pombal e Parque são as mais próximas do recinto. Assim poderá chegar à feira de Metro, através das linhas azuis e amarela. Para quem pretende iniciar a visita pelo Marquês de Pombal, terá de optar pela estação com o mesmo nome, mas se prefere descer o recinto em busca do livro que tanto procura, poderá sair na estação Parque, apenas para quem circula na linha azul.

Sem comentários:

Translate