sábado, 25 de setembro de 2010

Na minha biblioteca... «A beleza de Lisboa - Eléctrico 28, uma viagem na História»

Chegou este mês às livrarias o livro que lhe dá a conhecer a beleza de Lisboa com uma viagem na história. Uma viagem ao passado, no presente com a ajuda do eléctrico 28. Um livro editado pela Imprensa Nacional Casa da Moeda e que resulta de uma associação da autora Nysse Arruda, ao "atelier" de "design" de Henrique Cayatte, e à fotógrafa Clara Azevedo. Uma obra de referência para os habitantes locais e turistas que visitam a cidade e que, a bordo do eléctrico 28, percorrem uma rota com grande significado histórico na capital. 

"A ideia foi produzir um livro com um "design" contemporâneo e arrojado, muito bem ilustrado e com tiragens em versões em português e inglês. A autora pretende (...) ampliar a divulgação do turismo histórico e cultural da cidade de Lisboa, detalhando cada um dos monumentos que pontuam a rota do "28", datados desde o século XII até o século XIX, bem como os museus, os teatros, os miradouros e os jardins que se encontram no percurso e todos os factos históricos relevantes que tiveram lugar em um ou outro ponto do percurso, somando assim cerca de 2.500 anos de História da cidade de Lisboa. 

Pretende-se ainda transmitir as vivências quotidianas da cidade e as manifestações culturais e sociais como, por exemplo, a tradicional Feira da Ladra e as festas de Santo António, sem esquecer de referenciar as personalidades culturais, como o poeta Fernando Pessoa, ou mesmo a evocação da Lisboa Queirosiana", diz o site da livraria Bertrand


Sabia por exemplo, que a Sé de Lisboa é «...o único edifício românico-gótico da capital portuguesa»? (pág.32), ou que Lisboa é «uma das cidades mais antigas da Europa, habitada e visitada há mais de três milénios...» (pág.12). A completar o conteúdo editorial do livro, inclui-se um capítulo com a História e os detalhes técnicos sobre o próprio eléctrico 28 como também dados sobre a criação da rede de eléctricos da Carris no início do século passado e um historial da própria empresa. A finalizar também fazem parte um mapa do percurso, a lista das paragens e ainda uma lista com todas as moradas, contactos e horários de funcionamento dos monumentos e sítios citados no texto.

Refiro ainda que a edição deste livro por parte da INCM «marca o início de um projecto que visa dar a conhecer aos portugueses e cidadãos de outros países alguns dos locais mais emblemáticos de Portugal...», refere Estêvão de Moura, presidente do Cons. Admin. da Imprensa Nacional-Casa da Moeda. Já José Manuel Silva Rodrigues, presidente do Cons.Admin. da Carris, lembra que «a publicação de uma obra sobre o Eléctrico 28 reveste-se, sem dúvida, de grande interesse, não apenas nacional, mas também internacional, porque o "28" faz parte integrante da imagem e da vida de Lisboa».

A jornalista Nysse Arruda é a autora do livro que já faz parte da minha biblioteca e em declarações à TVI24, disse que «as pessoas que lerem o livro vão-se aperceber que podem conhecer a história e as belezas de Lisboa, só com um bilhete de eléctrico na mão. É a bordo do 28 que se descobrem muitos dos segredos de Lisboa e muita da sua monumentalidade», explicou a autora do livro, que tem uma capa 3D da autoria do designer Henrique Cayatte.

1 comentário:

Andre Bravo Ferreira disse...

Obrigado pela sugestão Rafael, irei comprar!

Abraço.

Translate