sábado, 26 de junho de 2010

[Off Topic]: Ás compras no Chiado, com o 28E

É fim-de-semana e se muitos aproveitam para passear, aproveitando para aliviar o stress de uma longa semana de trabalho, outros há que nestes dois dias de folga aproveitam para fazer as compras que há muito têm planeadas. Os que durante a semana se deslocam para o trabalho de transportes públicos, querem aproveitar o tempo ao máximo do fim-de-semana e usam o carro próprio, mas os que fazem do carro transporte diário, preferem deixar de se preocupar com estacionamentos e com o trânsito de uma cidade cada vez mais saturada.

E é mesmo para os que preferem os transportes públicos que aqui vos deixo uma sugestão diferente do habitual. O verão chegou e para quê entrar num centro comercial quando há pelas ruas e pátios de Lisboa, lojas para todos os gostos e feitios? A zona histórica do Chiado é das mais diversificadas e está ali mesmo ao lado da Baixa.
Apanhe então o eléctrico 28E e desça na zona do Largo do Camões.

Se lhe apetecer um café, tem logo na entrada da Rua Garret «A Brasileira», que no meu entender não é dos melhores cafés da zona, muito por causa do péssimo atendimento, embora tenha vindo a público recentemente que se deve a um protesto dos funcionários para com os patrões. Mas e nós consumidores, temos alguma culpa nisso? Sugiro portanto a Bernanrd
, uns metros mais abaixo, onde pode também desfrutar de uns magníficos croissants...

Em frente a Bertrand convida-o à leitura e porque não a recuar no tempo e ver como era Lisboa nos anos passados com recurso aos livros «Lisboa Desaparecida» de Marina Tavares Dias, livros estes que contam também com diversas imagens dos eléctricos que outrora faziam a delícia dos lisboetas nas suas deslocações diárias.

Paredes-meias com a Bertrand está «A Vida Portuguesa», uma loja que convida no presente a viver o passado através de produtos tipicamente portugueses desde a pasta Couto aos Sabonetes Confiança, não esquecendo claro está, os lápis Viarco ou os carimbos que usávamos na escola, onde há inclusive um de um eléctrico em miniatura.

Uma loja que surgiu de uma investigação da jornalista Catarina Portas sobre os produtos antigos portugueses, que agora têm futuro numa loja que também ela manteve a traça antiga.

Se continuar a descer a Rua Garrett vai encontrar as típicas e também antigas casas de cafés que contrastam com as mais modernas da era das cápsulas. Mas se precisa comprar uma t-shirt para enfrentar as tardes quentes de verão ou procurar um calçado que lhe facilite as subidas íngremes das colinas,
entre na arcada do pátio Siza Vieira e siga em frente até à Omlet.

Não lhe proponho nada de calorias com ovos. A Omlet é uma simpática loja com produtos de design próprio e produções exclusivas de autor, entre as quais destaco a t-shirt do eléctrico ou do ascensor da Bica, bastante simples e diferentes daquelas que costuma ver por ai à venda.

Aqui vende-se também as recém-chegadas alparcatas da Argentina Paez, com o conforto, simplicidade e o bom andar que se exige para subir e descer as ruas de Lisboa, enquanto faz as suas compras pelo comércio tradicional.

Se gosta de artesanato também encontra na Omlet os tradicionais eléctricos de Lisboa, reproduzidos em metal e feitos à mão, que são sem dúvida singulares. Há também desenhos em vinil para decorar vidros e muito mais desde artigos de decoração ao vestuário e tudo num espaço simpático e acolhedor.

E agora que já fez as compras todas, sugiro que continue a descer a Rua Garrett e vire à esquerda em direcção ao Rossio. Observe a grande obra de Masnier du Ponsard - o Elevador de Santa Justa. Pode levar para casa um cd de Amália Rodrigues à venda na loja móvel que habitualmente ali está instalada e siga em direcção à Praça da Figueira. Por esta altura o seu estômago poderá estar já a dar horas e tem duas opções: A pastelaria Suíça ou a Nacional. Eu prefiro a Nacional, mas deixo a escolha ao seu critério.

Depois de recuperar energias aproveite o resto do dia para regressar a casa, desfrutando uma vez mais do eléctrico 28, que agora vai apanhar no Martim Moniz.
Boas compras e Boas viagens!

Links úteis:

http://www.carris.pt
http://www.bertrand.pt
http://www.avidaportuguesa.com
http://www.omlet.pt

[n.d.r.]: As lojas aqui referidas foram escolhidas por minha livre vontade, após uma visita não identificada e onde fui bem atendido, não tendo como objectivo qualquer tipo de publicidade solicitada.

2 comentários:

Joao Baptista disse...

O velhinho 28, de vez em quando lá vou dar uma volta nele para matar saudades.

Quanto á 3ª fase da Rede 7, estava á espera de maiores e melhores mudanças...

CR 35 disse...

Pois!Pois! no Natal algumas de certeza que darão uma pequena lembrança pela publicidade!(eu li a ndr).E de facto é uma boa viagem de regresso a bordo do Amarelo 28 porque a carteira já vai aliviada! coitados dos Alfaiates que querem dar o leitinho às crianças e estão a roubar-lhes o sustento logo nesta última viagem.E hoje lá fui dar umas voltas na 25E com ar condicionado ligado o povo já não queria saber dos eléctricos para nada como comentavam as duas formigas de asa que sairam nos Prazeres.Boas viagens a bordo dos CCFL'S

Translate