sábado, 15 de maio de 2010

[Off Topic]: As festas de Lisboa estão de volta ás ruas e à Carris

No ano em que se celebra o centenário da implantação da República e no ano em que Portugal participa no Campeonato do Mundo, as cores que marcam as festas de Lisboa só poderiam ser o vermelho e o verde. «Lisboetas! “A Revolução aproxima-se…! Tomaremos de assalto os vossos bairros, as vossas casas as vossas vidas…! Um tempo novo se anuncia com as Festas 2010.”», diz o programa oficial das festas de Lisboa, organizadas pela EGEAC.

A festa da sardinha volta a sair ás ruas e com ela, os arraiais, as marchas e claro está, o fado que a bordo dos eléctricos da Carris voltará a dar ambiente a quem se transporta neste que também é um símbolo da cidade - o eléctrico.

E para os próximos dois meses a EGEAC promete «Diversas, múltiplas, extravagantes experiências. Desejamos que elas vos transportem para outras vivências, criando novos trilhos, novos percursos, novos sentidos. É pela emoção da partilha, pelo acolher tolerante de todas as diferenças, que a Festa representa o tempo propício de todas as renovações e de todos os futuros».

E no que diz respeito aos eléctricos a procura promete ser muita, tal como nos anos anteriores, onde tudo vale para ouvir fado na carreira 28. Tome nota das datas e dos horários:

FADO NOS ELÉCTRICOS
2 A 6, 9 A 11, 13, 16 A 20 JUNHO | 16H E 19H

ELÉCTRICO 28

Acesso normal para viagem de eléctrico / Para todas as idades

Artistas interpretam o fado mais tradicional e castiço junto das gentes que
deambulam pela cidade e que nela moram é o principal objectivo deste projecto. Com o eléctrico 28, o Fado ganhou um novo palco que desliza do Martim Moniz aos Prazeres, passando pela Graça, Alfama, Bica e Bairro Alto.

Mas nem só os eléctricos serão centro das atenções. Este ano juntam-se a eles os autocarros com encenações teatrais, a bordo das carreiras 35, 60, 718, 727, 758. E é ainda este mês. Tome nota:

OMNIBUS - VENDA IMPLACÁVEL
26 A 30 MAIO | QUARTA A DOMINGO, 16H E 19H

AUTOCARROS 35, 60, 718, 727, 758

Acesso normal para viagem de autocarro / Para todas as idades

Ao longo do percurso entram no autocarro diferentes vendedores ambulantes
que pretendem vender os seus produtos. Para cativar os passageiros e concretizar a venda, oferecem objectos cada vez mais insólitos, que parecem ter sido retirados de algum catálogo de objectos inúteis. No frenesim da venda, a conquista por mais clientes, cria situações absurdas e repletas de humor.
26 Maio | quarta
16H | Carreira 758, Cais do Sodré – Sete Rios

19H | Carreira 758, Sete Rios – Cais do Sodré

27 Maio | quinta

16H | Carreira 35, Areeiro – Cais do Sodré

19H | Carreira 35, Cais do Sodré – Areeiro

28 Maio | sexta

16H | Carreira 718, Beato – Amoreiras

19H | Carreira 718, Amoreiras – Beato

29 Maio | sábado

16H | Carreira 60, Martim Moniz – Largo da Ajuda

19H | Carreira 60, Martim Moniz – Olaias

30 Maio | domingo

16H | Carreira 727, Saldanha – Restelo

19H | Carreira 727, Restelo - Saldanha


Mas se as suas preferências se ficam pelo Jazz, descanse que também tem para onde ir. Os ascensores e elevadores da Carris voltam a ter a iniciativa «JAZZ ÁS ONZE». Ainda em Junho tem para ver as Marchas Populares que desfilam na avenida na noite de 12 de Junho e no dia seguinte, o Santo António percorre uma vez mais as ruas de Alfama.



Razões não faltam para sair de casa. Consulte o programa AQUI

2 comentários:

Joao Baptista disse...

Lisboa, faz-me festas!

César Ramos disse...

Rafael,

Tenho lido sempre os seus posts com muito interesse, desde um dia que fiz um texto sobre uma corrida de taxi e, fui encontrar um blog brasileiro de um motorista de taxi.
Pensei: em Portugal deve haver matéria para um blog do género!
E... foi assim que o descobri, e tenho sido sempre leitor e, como sabe, seu seguidor.
Estou aqui hoje, para lhe dizer que decidi partilhar consigo o Selo do «Prémio Dardos», que está à sua disposição no meu blog ALFOBRE de Letras [http://alfobre. blogspot.com].

Aceite este prémio, bem como um abraço meu de grande simpatia e parabéns pelo seu excelente trabalho.

César Ramos

Translate