quarta-feira, 5 de maio de 2010

Mais uma interrupção e mais do mesmo...

E porque as imagens valem mais do que mil palavras, aqui fica a foto da interrupção que tive esta tarde na 25E. Mais do mesmo...

"Hoje, por causa desta carrinha, a carreira 25E ficou parada 30 minutos"...
"Hoje, por causa desta carrinha, dezenas de pessoas chegaram mais tarde aos seus compromissos"...

"Hoje, por causa desta carrinha, dezenas de pessoas esperaram mais tempo que o habitual pelo eléctrico"...

"Hoje, por causa desta carrinha, a viagem seguinte à da interrupção, não pode ser feita na totalidade"...
"Hoje e todos os dias por causa de carros mal estacionados como este, a carreira 25E não consegue fazer cumprir o seu horário em grande parte das vezes"...


Respeite o eléctrico! Seja consciente, e respeite quem usa o transporte público, por uma mobilidade mais sustentável.

Evite ser o protagonista destas imagens. Os utilizadores do transporte público agradecem!


Foto em cima, à esquerda: Tarde de 05/05/2010
Foto ao lado, à direita: Tarde de 30/04/2010


7 comentários:

EFCM disse...

Qual é a atitude recomendada pela carris quando se deparam com estas situações?

Eu li algures que no Porto a SCTC processava os donos dos veículos que estacionavam e bloqueavam os eléctricos.

Porque não fazer algo igual, para alem de ser uma ajuda aos cofres da empresa é uma forma de disciplinar o estacionamento selvagem.

a noticia do JN:
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Porto&Option=Interior&content_id=1516894

Nuno Pato disse...

Os utilizadores dos transportes públicos agradecem que a sua condição seja devidamente respeitada. Se a fiscalização fosse eficiente e, desse modo, profissional, hoje-em-dia não se viveria uma impunidade das atitudes dos pequenos ditadores automobilistas! O trânsito caótico e o estacionamento anárquico não seriam uma realidade se, por ventura, os agentes da autoridade não olhassem para o lado quando se deparam com estas atitudes.
Nos países desenvolvidos, as pessoas respeitam as regras de trânsito porque sabem, de antemão, que se o não fizerem são imediatamente penalizadas. Aqui os pseudo-burgueses ditadores consideram-se donos e senhores dos corredores BUS, dos espaços para as paragens, dos passeios e das passadeiras... os outros que se lixem!! A Cidade tambem é dos peões!!!
Os utilizadores dos transportes públicos merecem ter acesso aos mesmos em condições dignas!! Com conforto e segurança!!

Anónimo disse...

eu acho que passava :-)
Marques.

Cristiano disse...

ó Rafael quem te manda a ti passar ai com o eléctrico?
Tu é que tas mal! O carro esta bem! O eléctrico é que não devia passar por ai!!! Já me disseram a isto mas eu ia com um autocarro! e "EFCM" Acho que o que queres dizer é "STCP"

Joao Baptista disse...

Já trabalhei no Conde Barão e já passei por esta situação.
O pior é que depois "descarregam" nos trabalhadores da Carris

Vasco Lopes disse...

Por vezes, a Carris gasta tanto dinheiro em campanhas que depois têm resultados relativos, como aquela do "Não se esqueça de validar o seu título de transporte", por que não investir a sério numa campanha televisiva de sensibilização contra o estacionamento na linha do eléctrico? Uma coisa simples de poucos segundos que abrisse a pestana aos mais distraídos.
Há cerca de 20 anos, por exemplo, fez-se esta, bem engraçada e que vale a pena ver ou rever:

http://www.youtube.com/watch?v=EUdwFYjDeQY

Anónimo disse...

Se se começasse a riscar os carros e coisas que tais, os condutores que estacionam em cima de passadeiras e paragens de autocarro aprendiam a lição e nunca mais o faziam.
A ver se alguém estaciona em paragens de táxis; sabe que a probabilidade de chegar e ter os pneus em baixo é alta.
Neste país é que é culturalmente aceite que a propriedade individual se sobreponha a tudo o que seja colectivo.

Translate