quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Um sonho tornado realidade pelos trilhos da 28E

Quem diria que um dia, e depois de tantas viagens na 28E, que é e sempre foi a minha carreira preferida em todo o universo Carris, iria pegar num eléctrico para fazer este percurso que é um verdadeiro «carrossel» entre o Martim Moniz e os Prazeres.

Posso dizer desde já que é uma sensação fantástica que pode ser comparado a um sonho quando tornado realidade. A carreira 28E é a jóia da coroa e arrisco mesmo a dizer que, está para a Carris como o Eusébio está para o Benfica.

Hoje foi então a vez de irmos até à mítica 28E e como devem calcular foi para mim o dia mais porreiro, embora deva acrescentar que esta formação tem sido fantástica. Os próximos dias prometem ser ainda melhor, à medida que as idas à 28E se vão repetindo e que vou vendo que não estou mesmo nada arrependido de ter trocado a borracha pelo ferro (risos).

E porque nunca é demais relembrar esta carreira, aqui ficam duas fotos da sua história e um vídeo que fiz recentemente e que até já passou aqui pelo blog...

5 comentários:

Angelo disse...

Parabéns!
(E, se me permites, escreve-se "irmos".)

Marcel Mazoni disse...

Boa!
Fico feliz m ver que tu estás a sair-te bem e estás a realizar o teu sonho!
Boas viagens! A ver se eu te apanho uma hora dessas =-)

lalage disse...

Agora, na próxima vez em que apanhar um 28E, tenho que estar atenta... Será que o vou reconhecer o "Tripulante" no guarda-freios?

CR 35 disse...

Rafael,a tua concentração é tanta que já nem ligas aos motoristas da 35 quando se cruzaram contigo tanto no dia da condução fardado e depois ao lado da bonita guarda-freio (talvez a confirmar se os pontos metidos eram os correctos)e podes crer que o carrosel talvez mais montanha russa ! é ainda mais apetitoso no verão quando se liga a paralelos por essas colinas que a 28 sobe e desce para gáudio dos camones admirados por passar por ruas estreitas e íngremes com alguns monumentos á mistura ,continua a tua formação para que depois possa ver se o modelo de matrícula ainda é a mesma que aqui á uns anos .E nada de distrações para os lados do femenino que ainda vais ás Noivas de Santo António (o meu santo) de Eléctrico.Boas viagens a bordo dos veículos da CCFL.

Rafael Santos disse...

Bem eu cá para mim o amigo CR35 é que ia demasiado distraído porque eu cumprimentei-o quando ia à boleia da 18E. Mas o meu amigo se calhar ia mais centrado na Guarda-Freio....

Um abraço

Translate