domingo, 27 de dezembro de 2009

"BlackFriday, BlackService! Só na 718!"

"BlackFriday, BlackService! Só na 718!", este poderia ser sem dúvida, o slogan para concorrer com o da campanha lançada pelo El Corte Inglês, para este fim-de-semana, com a respectiva promessa de preços loucos, «nos saldos nunca vistos» como dizem os responsáveis por esta superfície comercial, que utilizou esta ideia vinda dos Estados Unidos, para incentivar ao consumo numa época onde habitualmente o volume de vendas é baixo.

Depois da azáfama em vésperas de Natal, este fim-de-semana foi a correria a São Sebastião e o que ali se viu foi uma autêntica "palhaçada", desculpem-me o termo. Mas se tiver-mos em conta que «depois do Imperador Diocleciano saber que São Sebastião não morrera após o lançamento das suas flechas, mandou-o prender novamente e São Sebastião foi martirizado no circo até á morte» (in «A vida dos Santos»). Ora também aqueles que hoje foram ao El Corte Inglês, martirizaram os autocarros que nem nas paragens conseguiam encostar, muito graças ao mau estacionamento provocado por suas excelências - os loucos pelos saldos.

Passeios, passadeiras, paragens... tudo servia para deixar o carro e correr em direcção ás portas que dariam acesso a um consumo, muitas vezes desnecessário, sobretudo nos tempos que correm onde a palavra crise está na ponta da língua do povo. A pergunta do dia foi sem dúvida «passa no corte inglês?» E outros até pensavam que os saldos começavam logo ali no 718.

Na paragem após a mitra, no Poço Bispo e em direcção ás Amoreiras, um grupo de ciganos romenos com a sua catrefada de putos atrás, aproveita o embalo dos restantes passageiros para entrarem no autocarro. Todos eles bem ensinados, com o habitual gesto em direcção ao validador, na tentativa de enganar o totó do motorista, porque eles é que são todos os espertos, mas cansado de tanta borla... "Desculpem lá, mas os vossos títulos não deram sinal na máquina. Não se importam de voltar a validar?..." e lá veio a resposta do costume «a máquina está avariada...», e depois de dizerem que era só até ao Lidl, eis que lá sugeri que se era só até ao Lidl também podiam ir bem a pé.

Como se já não bastasse tudo e mais alguma coisa vir aqui parar, ainda tinha de os transportar á borla e com um mau cheiro que aposto, dificilmente iria sair do autocarro. São uma autêntica peste estes tipos, e se tivermos em conta também que São Sebastião é «o santo invocado contra a peste», estava tudo em família, numa carreira que até se faz bem durante a semana, mas que com os preços loucos que o El Corte Inglês promete, deixa qualquer motorista louco para terminar um serviço.
Amanhã termino a semana! E como diz o colega e leitor habitual do blog, a todos «Boas Viagens a bordo dos autocarros e eléctricos da CCFL»

4 comentários:

Iberista disse...

Apanhei esse grupo de romenos em Xabregas, junto à Ponte. E se mesmo na rua o cheiro se notava à distância, imagino o que terá sido dentro do autocarro!

Paulinha disse...

Nesse dia o smart tambem festeja o natal ;)

Andre Bravo Ferreira disse...

Só para eles é que está avariado, é incrível...

Já agora, Rafael, espero que o Natal tenha sido bom e que tenhas um excelente ano de 2010.

Grande abraço.

Anónimo disse...

Estes "BlackFriday" são excelentes para se comprar aquilo que não se precisa e encher o peito de ar, dizendo a toda a gente cantando, Que grande compra! O que eu poupei de dinheiro! Meu Deus! É a loucura!

E digo eu... mesmo sendo barato, se não comprar não poupa ainda mais?
Crise? Qual crise? Crise económica não! Mas sim, crise mentalícia! (mental+natalícia)

Pena que as alminhas não tenham o mesmo empenho que têm para a ganância das compras, em parquear devidamente a sua viatura não incomodando os outros. Isso é que um verdadeiro desafio!

Quanto aos borlistas, que por vezes entram às manadas, custa-me muito aceitar, mais do que alguém possa imaginar, mas depressa desisti, porque para a Carris estaria a criar uma situação de potencial conflito e irregularidade no serviço, já para o cliente pagante seria uma vergonha e um mau exemplo.
Tal como dizia outrora um grande filósofo... "Se corre o bicho pega, se fica o bicho come"

Boas viagens!

A Faixa do Bucho.

Translate