domingo, 22 de novembro de 2009

Seguestão do Tripulante (5): Respirando o ar puro de Monsanto com a 70

Sabia que...

Diz quem por lá anda que esta é uma das poucas carreiras onde o motorista é tratado de forma diferente!! Não é de admirar, ou não fosse esta uma carreira "ímpar", que alia de forma rápida e fascinante o cenário profundamente citadino de Sete Rios, a lugares tão pacatos como a Serafina ou Bairro do Calhau, e sem esquecer claro, o coração da natureza Lisboeta (Monsanto), e tudo isto, num curtíssimo espaço de tempo!

Criada há 9 anos atrás, a verdade é que ninguém imaginava que durasse tanto tempo, e que marcasse a rede da carris da maneira como o faz! Efectua a ligação entre a Serafina e o Espaço Monsanto, com passagem em Sete Rios em qualquer um dos sentidos....

A cidade através da carreira...

"Banhada" por Igrejas e Palácios esta carreira convida a um passeio diferente por uma cidade muitas vezes desconhecida de todos nós...

Entre ruas estreitas, subidas íngremes e curvas apertadas a verdade é que vale mesmo a pena perder pelo menos 1 hora pelo seu trajecto. Começamos pelo palácio Marquês da Fronteira (construído em 1640) pelo primeiro Marquês de Fronteira português, D. João Mascarenhas!

Se não é adepto(a) deste tipo de coisas, a sugestão alternativa do diário do tripulante é um passeio pelo Parque Recreativo e pelo Espaço Monsanto, lugares onde pode desfrutar da natureza mesmo aqui ao "lado", e quem sabe até passar bons momentos de convívio com a sua família/amigos!

A carreira 70 tem ligação em Sete Rios, através dos serviços habituais da CARRIS nas carreiras 16, 31, 54, 64, 701, 726, 746, 755, 758, 768, através do metropolitano de Lisboa (na estação Jardim Zoológico), no serviço da CP Lisboa, nos comboios oriundos das linha de Sintra (Mira Sintra-Meleças e Sintra), Azambuja (Castanheira do Ribatejo), bem como no serviço FERTAGUS (a partir de Coina e Setúbal).

Embora não acredite que venha de longe para dar apenas uma volta na carreira 70, convém também dizer que há também ligação em Sete Rios com a rede-expressos, com autocarros oriundos de todo o país, como vê razões não faltam para descobrir e redescobrir, mais esta carreira Lisboeta, sugerida por um leitor do blogue (e pelos vistos, colega da estação da Pontinha), e à qual o «diário do tripulante» achou por bem "associar-se"....

A sugestão está dada e agora a decisão é sua!!!

Boas viagens e boas descobertas!

Fotos gentilmente cedidas por: Pedro Almeida

8 comentários:

Vasco Lopes disse...

Sim, esta carreira 70 vale a pena visitá-la. Apenas aconselho quem a queira fazer para antes dar uma vista de olhos nos horários, uma vez que não é uma carreira com boas frequências. Até dá para o piquenique (fora do autocarro, está claro!).

José disse...

E já agora duas sugestões para o Bairro do Calhau: Que comam um peixe grelhado no restaurante da Associação do Bairro do Calhau e depois, para desmoer, subam um pouco para verem o moínho que foi destruído por um avião alemão durante a 2.ª guerra mundial e também uma panorâmica de Lisboa diferente do habitual.

Busorganist disse...

É sem dúvida uma carreira com um percurso fantástico.
Confesso que se tiver a sorte de entrar na Carris, para a Pontinha, que espero lá ir bastantes vezes..

nuno disse...

obrigado por teres aceite a sugestão.

ass. Nuno

Andre Bravo Ferreira disse...

Ando à imenso tempo para a fazer e depois desta sugestão está claro, talvez amanhã.

Grande abraço.

J. disse...

quem bom relebrares este percurso, a experimentar muito em breve!

também gostei da sugestão de restaurante do bairro do calhau e da historia do moinho. afinal, mesmo quando se viveu muitos anos no mesmo sitio ha ainda muitas coisas por descobrir.

se tiverem sugestões, historias, ideias sobre são domingos de benfica e benfica podem partilha-las neste espaço , um blog dedicado a estas duas freguesias ou na pagina do facebook do mercado de bem-fica! ;)

este post, por exemplo ficava la muito bem! ;)

J. disse...

quem bom relebrares este percurso, a experimentar muito em breve!

também gostei da sugestão de restaurante do bairro do calhau e da historia do moinho. afinal, mesmo quando se viveu muitos anos no mesmo sitio ha ainda muitas coisas por descobrir.

se tiverem sugestões, historias, ideias sobre são domingos de benfica e benfica podem partilha-las neste espaço , um blog dedicado a estas duas freguesias ou na pagina do facebook do mercado de bem-fica! ;)

este post, por exemplo ficava la muito bem! ;)

Jaime A. disse...

É claro que assim que possa vou dar uma voltinha no 70.
"Abriu-me o apetite" este seu belo texto.
Parabéns pelo blogue.

Translate