quarta-feira, 29 de julho de 2009

O Jardim Botânico da Ajuda precisa de ajuda

É um daqueles locais que é mais procurado pelos admiradores de espaços ao ar livre e jardins. Fica situado na Ajuda, como próprio nome indica e esta tarde visitei-o, com o objectivo de recolher algumas fotos, com o fim de participar num passatempo de uma revista de fotografia digital. Na Praça da Figueira entrei no 18E que me levou até à porta do Jardim na Calçada da Ajuda, mas podia ter escolhido outra carreira ou a outra entrada que fica na Calçada do Galvão.

A entrada requer bilhete e este custa 2,00€, um valor que como o próprio ingresso diz, serve para a manutenção daquele espaço verde. Recorde-se que este Jardim é propriedade do Instituto Superior de Agronomia e Universidade Técnica de Lisboa. Já quanto á manutenção, poderia ser bem mais cuidada porque se numa vista geral tudo parece estar ás cinco maravilhas, um rápido apróximar das plantas mostram-nos um certo desleixo, mas ainda assim vale a pena visitar pelas espécies, algumas delas unicas.

As estufas não estavam acessíveis, e o melhor mesmo é o tabuleiro inferior composto por uma fonte ao centro e uma escadaria onde no seu topo se obtém uma vista fantástica sobre o Tejo. Para visitar o Jardim Botânico da Ajuda, pode optar pelas carreiras que o deixam mais próximo da entrada que são as seguintes: 18E, 727, 729 e 732.

Aqui ficam alguams imagens do Jardim:







Boas Viagens e Boa visitas!

4 comentários:

Pedro Almeida disse...

Eu confesso que já tinha saudades de comentar as "ESCRITURAS" de Rafael Santos!
A verdade é que esta sugestão de hoje acabou por trazer-me lembranças do 1ºano em que estive aí no Continente a estudar, e curiosamente na altura era aluno de uma das faculdades da Universidade Técnica,e lá chegou um dia que que fui "provocado" a ir visitar esse Jardim.
Nunca fui propriamente admirador do mundo da Flora e da Botânica, mas a verdade é que acabei por gostar bastante do ambiente do Jardim e da vista deslumbrante sobre o rio....
E sempre foi um dia diferente, que por acaso até me ficou na memória como um dia muito bem passado!
E sim, fui de E18..... UMA CHATICE LOL!

Grande tripulante, continuações de boas férias, e um abraço do Madeirense (em DIRECTO do FUNCHAL) ehehe!!! Fica bem amigo!!

||_MiX_|| disse...

Ainda so visitei da rua da Escola Politécnica(acho que é assim o nome da rua) que por acaso é bem bonito tambem. Este tem de esperar por uma outra oportunidade.

Grande abraço.

André Bravo Ferreira

Alberto rei dos electricos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Cosmos disse...

Fui uma vez de propósito visitar este jardim e o que me lembro é que me cobraram mais do que o valor que era anunciado na net, mesmo levando uma criança. Também vendiam gelados lá dentro... era o porteiro que os ia buscar.
Achei o mesmo: um belo jardim numa panorama geral, mas que denuncia uma certa falta de cuidado especial numa observação mais cuidada. (estátuas e fonte inclusive). Ainda assim, muito agradável para os apreciadores do ar livre. Diverti-me imenso e a criança também, principalmente porque era um dia de muito calor e os aspersores fizeram-nos alegrias!

Translate