terça-feira, 14 de julho de 2009

«Epá tantos bonecos!...», na 745

De facto, é o que não falta numa cidade como Lisboa: Bonecos! E uns mais engraçados que outros. Hoje os autocarros da Carris saíram para a rua com muitos bonecos "pendurados" nos balaústres, dando a conhecer aos seus passageiros que os novos autocarros (60 ao todo) estão prestes a chegar para oferecer, mais mobilidade, com maior conforto, maior segurança e menos poluição. Sob o tema da mobilidade, os novos autocarros também foram tema de conversa entre alguns passageiros que dão mais importância que outros a este tipo de novidades.

Outros acabaram por comentar, só porque bateram com a cabeça nos «teimosos» dos bonecos publicitários que acabaram por criar alguns sorrisos a bordo do 1583 que conduzi hoje na 745. «Epá tantos bonecos! Para que é isto sr.motorista?», perguntou uma senhora de idade mais distraida. E o passageiro do lado nem me deu tempo de responder, dizendo que «É para anunciar ao povo que a Carris tem 60 autocarros novos, senhora...», tendo a mesma exclamado, «mas este é tão alto... Só pode ser dos velhos....»
Ao bom jeito dos passageiros que correm para os autocarros e eléctricos da Carris com uma pressa de chegar a casa ou ao trabalho, os bonecos desdobráveis lá foram viajando ao longo do dia nos autocarros da frota da carris, mas nem todos chegaram ao fim da viagem... :)
E se estes bonecos nada diziam e nada faziam, outros houve que, ora reclamavam porque o outro autocarro tinha parado por causa dos carteiristas, ou porque aquele onde acabavam de entrar estava bastante quente. Pudera! Não tinha Ar Condicionado...

Houve mesmo uns estrangeiros que talvez apressados para deixar a confusão da cidade de Lisboa, ao verem tantos passageiros a entrar pela porta da frente, decidiram carregar nos botões de emergência (exteriores) das portas de trás para entrarem como se fossem donos e senhores de todo um autocarro repleto de pessoas que tinham e bem entrado pela porta da frente. Resultado: Tiveram de sair por onde tinham entrado e fazer o correcto, ou seja, como todos os outros: entrar pela porta da frente.

E para concluir, e já que hoje se fala tanto na mobilidade - quer seja através do marketing da Carris que, quer queiram quer não, acabou por passar a mensagem com os bonecos -, na noite de ontem em entrevista à SicNotícias, o actual presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa e candidato às autárquicas 2009 disse que é sua intenção para o mandato que se segue (caso vença), apostar numa rede de transportes, no seguimento da apresentação do seu programa eleitoral, sobretudo na criação de carreiras de eléctricos até ao lado Oriente da cidade, mas convém lembrar que já o programa de António Costa em 2007 dizia...

No mesmo programa pode-se ler que:

«Em simultâneo, a Câmara Municipal utilizará os seus poderes de gestão da rede viária e de regulamentação do trânsito para orientar as opções dos transportadores em matéria de redes e circuitos. Procurar-se-á acolhimento para os seguintes objectivos ou medidas:

a)Reactivar algumas linhas de eléctricos com prioridade para a ligação Cais do Sodré – Rato e prolongar a linha do eléctrico 15 até ao Parque das Nações e promover um estudo para o prolongamento das carreiras de Eléctricos Rápidos ao longo do Tejo Oriental (Cais do Sodré, Terreiro do Paço, Santa Apolónia, Marvila, Parque das Nações, Trancão e volta).

b)Apostar na continuidade e no aumento da rede de corredores Bus e expandir a rede de dispositivo de prioridade para autocarros e táxis nos cruzamentos com semáforos.

c)Melhorar o sistema de informação ao público, aprofundando o sistema Transporlis.

d)Colaborar com a Carris, o Metropolitano e os outros operadores na melhoria da informação sobre o sistema de transportes. »

Promessas ou não, uma certeza deixa: Que Portugal continua a pensar ainda muito atrasado em relação aos demais paises da Europa onde o Eléctrico é a grande aposta há alguns anos, por ser mais económico, mais rápido (com vias próprias) e menos poluente. As eleições prometem e como não ligo muito a políticas, hoje fico-me por aqui.

Boas Viagens!

Fotos: Rafael Santos / Olle S. Nevenius

5 comentários:

||_MiX_|| disse...

Boas ideias em termos de transportes não faltam, agora se ganhar vamos ver se as cumpre Sr. António.

Olha andam mais "bonecos" para eu juntar à colecção :-D

Grande abraço.

André Bravo Ferreira

JC Duarte disse...

Em boa verdade se diga que Portugal n�o � um pa�s mas uma aldeia e pequenina, onde toda a gente se encontra ou re-encontra mais cedo ou mais tarde. Boa p�gina, diverte-te e aproveita bem a luz.

Rafael Santos disse...

Olha quem aqui veio parar... Tens toda a razão JC Duarte, faz muito tempo que não tinha noticias tuas. Espero que esteja tudo bem e sê bem-vindo.

Um abraço!

Condutor do TXXI disse...

Em França, Alemanha, Hungria, etc... pode-se entrar nos autocarros por qualquer porta. Secalhar esses estrangeiros pensavam que cá tambem era assim. Devem ter pensado, toda a gente entra pela da frente porque já está aberta.

Boboquinha disse...

Só descobri o seu blogue agora e gostei. É bom ter a perspectiva de um condutor. Ainda mais quando faz referência a assuntos que também referi.
Como bloguista que fala na perspectiva de utente tenho para lá um anónimo que gosta de fazer acusações e provocações, esquecendo-se do que para mim é óbvio: estamos todos no mesmo barco . Ou melhor: no mesmo autocarro.

Translate