segunda-feira, 16 de março de 2009

Na 742 a ver os Reis passar... e os minutos também

Há coisas que fazem mesmo parar o trânsito e a visita de um Rei e de uma Raínha é uma delas ou até mesmo um simples acidente. Hoje o caos instalou-se nas ruas da capital. Lá andei eu na 742 e acreditam se vos disser que demorei 42 minutos para fazer o percurso A.Cego - São Sebastião, que é apenas uma avenida?!?

Pois também eu não queria acreditar, mas tudo começou pela manhã. Saí de casa para Alcântara com duas horas de antecedência porque ainda ia prestar contas antes, mas um acidente perto da P.P.Couçeiro fez atrasar todas as carreiras que por ali passam e desviar a 706 que hoje utilizei rumo a Santa Apolónia.

Cheguei ao Calvário ás 11h00 ainda a tempo de render ás 11h22 em Alcântara. Decidi então ir aquele bocado a pé até porque a manhã estava convidativa a andar na rua. Na Av.Ceuta deparo-me com um corte de trânsito assim meio para o desorganizado, porque a preocupação era grande, em deixar passar os Reis da Jordânia que estão de visita a Portugal.

A fila do trânsito chegou mesmo a atingir o tabuleiro da ponte 25 de Abril. O serviço esse correu muito bem mesmo. Nem parecia estar na 742...

Já da parte da tarde e depois de uma pausa para almoço, que aproveitei para ir até à estação de Santo Amaro, um acidente na Praça de Espanha, criou filas por todas as artérias que ligam a esta praça. Fui à Madre Deus e no regresso tudo na mesma. Devagar, devagarinho e parado! De manhã tinha visto os reis passar, estava então na altura de ver os minutos também eles passarem. Foram 42 minutos para fazer a Av.Miguel Bombarda! Olho para a chapa e estava a 10 minutos de fazer a partida no Pólo Universitário da Ajuda.

Escusado será dizer que não deu para fazer essa partida. A CCT mandou-me então entrar em Campolide, ficando assim na hora e com novo destino à Madre Deus. Um dia que tinha sido 5 estrelas mas que se tornou bastante cansativo....

Amanhã termino a semana é o que vale! Boas Viagens


Foto: Rafael Santos

1 comentário:

AnaD/FG disse...

Tenho uma confissão a fazer ... ando com frequência de autocarro (nomeadamente a carreira 742) ... e desde que descobri este blog fico sempre sempre na duvida "Será ...?!" ... claro que por vezes entro e vejo logo que não é pela faixa etária ... mas no seguinte lá está a duvida.
O que me leva a uma questão que me "atormenta" ... porque é que os motoristas colocam chapa com o nome do lado esquerdo? Alguma razão em particular?

Translate