segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

A vida de Salazar na carreira 5...

Que nos autocarros se fala um pouco de tudo, já devem ter percebido pelos textos anteriores, contudo há sempre algo que chama mais a atenção, sobretudo quando o silêncio se faz sentir no autocarro porque o passageiro da frente vai a ler o «Destak», porque o do meio vai a ouvir música descontraído, ou até porque a jovem da última fila está concentrada a fazer uns apontamentos em época de exames. E até podem pensar que o motorista é um verdadeiro cusco, mas até nem sou! Apenas sou obrigado a ouvir porque também lá vou dentro...

Hoje fiz a carreira 5. Foi a minha primeira carreira na Carris, e uma das conversas que destaco entre as muitas viagens que fiz ao longo do serviço, vai para a opinião dos passageiros quanto á exibição do dia anterior do Making Off de "A vida privada de Salazar".

A) Pá viste aquilo ontem na SIC a mostrar como era a vida do Salazar?
B) Vi, mas não achei grande piada para te ser sincero...
A) Mas olha que aquilo está bem feito e afinal ele até não era assim tão mau!
B) Mas aquilo não passa da ficção. Como sabem eles se ele já cá não está para confirmar!?
A) Pois não e agora se calhar nem quatro Salazares safavam isto.
Entretanto uma senhora mete-se na conversa...
C) Mas olhe que eu conheço quem tenha convivido de perto com ele e diz-me que está tudo muito idêntico á realidade da época.
B) Oh minha senhora ele queria era mulheres e a imagem que passavam dele era aquela que a PIDE queria que passasse...

E lá continuaram a conversa, mas entretanto entram dois passageiros a pedir informações e abstraí-me da conversa. O serviço correu bastante bem e a meio da tarde duas raparigas do Porto entram e pedem dois bilhetes para o Aeroporto.

«Depois não se importa de nos dizer onde temos de sair?...», pedem-me encarecidamente com a deixa... «É que se não ainda vamos parar á Buraca! Andamos um pouco perdidas...» Achei piada a forma como disseram e lá se fez a viagem com uma boa disposição até porque a carreira 5 fica-se mesmo ali pela estação Roma-Areeiro.

Ás vezes até vale a pena mudar de ares, sim porque tenho andado sempre pela 742 e 793...

1 comentário:

||_MiX_|| disse...

Parabens pelo blog, está muito bem escrito e um dia destes espero encontrar-te(trato-te por tu visto seres mais novo, nao leves a mal :p )na 742 ali para os lados da Morais Soares.
Grande Abraço.

Translate